Suspeito é morto a tiros após suposta tentativa de assalto à joalheria

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 20/11/2019 às 19:23

Foto: Daniela Sevieri/ Banda B

Um suspeito, de 37 anos, foi morto a tiros depois de supostamente ter tentando furtar uma joalheria na Galeria Lustoza, no final da tarde desta quarta-feira (20), na Rua XV de Novembro, no Centro de Curitiba. O autor dos disparos teria sido o próprio dono da loja.

O delegado Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), conta que o suspeito, a princípio, não estaria armado e teria entrado em luta corporal com o proprietário e o segurança da joalheria.

Os disparos atingiram o peito e a cabeça do suspeito, segundo o delegado. “Foram dois tiros, a princípio um acertou o tórax e o outro pegou de raspão na cabeça”, disse ele.

Uma ambulância do Siate foi até o local e tentou reanimar o suspeito, que não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil agora investigará o caso.

Com informações: BandaB



Relacionados

Londrina | 11-07-2020 13:58

Defesa quer novo depoimento de açougueiro que matou ex-esposa

Defesa quer novo depoimento de açougueiro que matou ex-esposa

Ibiporã | 11-07-2020 13:15

Depen tenta transferência de presos doentes para Curitiba

Depen tenta transferência de presos doentes para Curitiba

Apucarana | 11-07-2020 10:37

Covid-19: Estabelecimento é multado durante fiscalização

Covid-19: Estabelecimento é multado durante fiscalização

Campo Largo | 11-07-2020 10:36

Perseguição termina com dois feridos na RMC

Perseguição termina com dois feridos na RMC