Família de mulher que teve morte cerebral decide doar órgãos

Ticianna Mujalli
Policial | Publicado em 07/03/2019 às 10:14

A família de Vanessa Prado Alves Machado, emitiu um comunicado em que agradece o apoio que eles têm recebido desde o acidente. A postagem, em uma rede social, foi feita na manhã desta quinta-feira (7). Na nota, os familiares informam que decidiram doar os órgãos da jovem, para que ela continue a “ajudar ainda mais pessoas”.

O corpo está no Instituto Médico Legal e a família aguarda a liberação. Os parentes informam que todos serão “acolhidos para o velório que será em Lerrovile". A cerimônia será na capela do distrito a partir das 19h. Vanessa teve morte cerebral confirmada na tarde de quarta-feira (6), após exames criteriosos.

Segundo a coordenadora da Organização de Procura de Órgãos de Londrina, Emanuelle Zocoler, foram retirados rins e córneas da jovem. Os rins seguiram para Curitiba e pacientes da fila de espera pelo órgão já passam por exames para verificar a compatibilidade para a realização do transplante. As córneas devem beneficiar pacientes da macrorregião de Londrina. Mesmo com a morte encefálica confirmada, em razão do quadro instável da paciente, outros órgãos não puderam ser captados.

Confira a nota na íntegra 

A família, enlutada pela dor e pelo sofrimento da perda abrupta da "sua" Vanessa, vem por meio dessa agradecer o apoio das emissoras de TV e rádio e lamentar a impossibilidade de entrevistas no momento.

O corpo ainda não foi liberado, pois ela será doadora de órgãos.

Sintam-se todos os amigos acolhidos para o velório que será em Lerrovile, provavelmente com início na noite desta quinta-feira (07). Estamos aguardando confirmação e liberação do IML.

"A Vanessa salvou minha vida de várias formas, inclusive fisicamente nesse acidente. Agora poderá ajudar ainda mais pessoas com a doação de órgãos. Que ela seja um exemplo de vida e santidade; de amor e doação." (Daniel Machado).

Obrigado a todos.

A família.

LEIA MAIS:



Relacionados

Londrina | 20-01-2020 14:14

Prefeitura é condenada a pagar R$ 5,3 milhões às famílias das vítimas de ex-GM

Prefeitura é condenada a pagar R$ 5,3 milhões às famílias das vítimas de ex-GM

Diamante d'Oeste | 20-01-2020 12:19

Veículo carregado com 12.500 cigarros é apreendido na PR 488 em Diamante do Oeste

Veículo carregado com 12.500 cigarros é apreendido na PR 488 em Diamante do Oeste

Cascavel | 20-01-2020 11:22

Atropelamento com morte: condutor permanece em liberdade

Atropelamento com morte: condutor permanece em liberdade

Castro | 20-01-2020 10:40

Rapaz morre na UPA após levar tiros em Castro

Rapaz morre na UPA após levar tiros em Castro

PUBLICIDADE