Deputados usam verba para pagar churrasco e tem bens bloqueados

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 16/10/2017 às 16:25

Os bens bloqueados são dos deputados Alexandre Guimarães do PSD e Elio Rusch do DEM.  Na assembleia hoje as cadeiras dos dois ficaram vazias durante quase toda a sessão. Eles apareceram só na hora de votar. Conforme o Ministério Público, Alexandre Guimaraes teria usado a verba de gabinete para custear alimentação de familiares e visitantes deles entre janeiro de 2015 e fevereiro de 2017.  Valores que chegariam a quase R$ 50 mil.  Guimarães teria apresentado durante a   prestação de contas a ALEP diversas notas fiscais com gastos irregulares com itens como carne para churrasco, bebidas para festas e grandes quantidades de pizza. Como as verbas de gabinete são analisadas e aprovadas pela comissão de tomadas de contas da assembleia, Elio rush que é presidente da comissão também foi penalizado já que estaria lesando os cofres públicos.

A reportagem procurou os deputados nos gabinetes para comentar o assunto.  Elio Rusch disse que ainda não foi notificado oficialmente e que foi pego de surpresa com a notícia.

A assessoria de imprensa do deputado Alexandre Guimarães informou que o parlamentar ainda não vai se manifestar sobre o assunto e que precisa tomar conhecimento sobre o teor da decisão.

Reportagem Daine Figueró - TV Tarobá 



Relacionados

Curitiba | 23-08-2019 15:48

Palestra apresentará desafios e soluções nas obras públicas

Palestra apresentará desafios e soluções nas obras públicas

Marechal Cândido Rondon | 23-08-2019 15:17

Audiências públicas sobre regularização fundiária iniciarão na próxima semana

Audiências públicas sobre regularização fundiária iniciarão na próxima semana

Paraná | 23-08-2019 14:32

Paraná mantém crescimento de empregos e totaliza 40.537 em sete meses

Paraná mantém crescimento de empregos e totaliza 40.537 em sete meses

Cianorte | 23-08-2019 13:52

TCE celebra TAG com Cianorte para aprimorar gestão de serviços de saúde

TCE celebra TAG com Cianorte para aprimorar gestão de serviços de saúde