Foz do Iguaçu não vai participar da microrregionalização do SAMU

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 19/11/2019 às 18:59

A microrregionalização do SAMU é assunto antigo em Foz do Iguaçu. A gerência dos serviços de urgência e emergência de várias cidades da região, conforme proposta do Governo do Estado, seria feita por Cascavel. 

O secretário de Saúde e também vice prefeito de Foz, Nilton Bobato, afirmou que Foz ficará de fora da chamada microrregionalização. Na prática, isso quer dizer que a gestão do SAMU não mudará. 

O principal argumento do estado pra centralização é a economia, que seria  de R$ 25 milhões. Mas, se Foz ficará de fora, como fica então a questão de investimentos na saúde da cidade, quem vai pagar a conta? 




Relacionados

Londrina | 17-01-2020 18:49

Secretaria de Saúde muda protocolo e pode ampliar atendimento para dengue

Secretaria de Saúde muda protocolo e pode ampliar atendimento para dengue

Londrina | 17-01-2020 18:44

Sarampo: Secretaria de Saúde está em alerta

Sarampo: Secretaria de Saúde está em alerta

Londrina | 17-01-2020 16:07

Postos de saúde poderão ter horário de atendimento estendido por causa da dengue

Postos de saúde poderão ter horário de atendimento estendido por causa da dengue

Londrina | 17-01-2020 15:18

UBSs Cabo Frio e Campos Verdes serão reformadas

UBSs Cabo Frio e Campos Verdes serão reformadas

PUBLICIDADE